sexta-feira, 15 de outubro de 2010

A luta pela sobrevivência de um dos mais tradicionais centros espíritas do Brasil.

Átila Nunes

Ao longo dos últimos 50 anos, nossa família tem se dedicado aos
postulados espiritualistas. E sempre tivemos a ajuda de irmãos
anônimos que, em cada centro, mantiveram viva a luta contra a
discriminação.

A maioria dos centros não tem recursos, é verdade. Ainda assim, quase
todas as casas de caridade se mantêm abertas graças à dedicação não só
dos dirigentes, mas dos seus colaboradores.

Hoje, viemos pedir sua solidariedade para o Centro Espírita Bezerra de Menezes.

O Centro funciona na casa onde o Dr. Bezerra de Menezes dava
consultas. Na época, funcionava uma farmácia no térreo e ele atendia
no sobrado.

Quando desencarnou, o espaço ficou abandonado. O médium Paulo Garrido
então, alugou a parte de cima, onde passou a funcionar o Centro
Espírita Bezerra de Menezes. Nesse espaço ainda existe a sala com a
mesma mesa em que ele atendia pacientes.

Atualmente são feitas palestras espíritas, atendimento de psicografia,
desobsessão, passes, além de programas de assistência para
desabrigados e moradores de rua, através de cestas básicas e
refeições. E como sempre, com a colaboração de doações de
voluntários.

O maior desafio é a ausência de receita. O Centro tem uma divida em
impostos no valor de R$35.000,00, e a ordem de despejo está marcada
para o próximo dia 25 de novembro!

Apesar de já termos conseguido a isenção de IPTU, concedendo ao centro
o título de utilidade pública, ainda há muito o que fazer.

Bezerra de Menezes é uma personalidade emblemática do Espiritismo. E o
centro espírita que leva seu nome foi dirigido por muitos anos por
Paulo Garrido, que tinha especial carinho e respeito pelas entidades
que incorporam nos médiuns umbandistas.

Sua filha, Selma Garrido, dirige hoje essa casa de caridade. E é
chegada a hora de todos que crêem na reencarnação, como os espíritas,
umbandistas e candomblecistas, se unirem para salvar essa casa
tradicional.

Podemos fazer nossa parte, da mesma forma como – tenho certeza – o
saudoso Paulo Garrido e sua herdeira, fariam por uma casa de matriz
africana.

Como ajudá-los?

Haverá um Chá Beneficente - 19 de outubro, 3ª feira, às 15:00hs
ingressos a R$5,00 (toda renda obtida será revertida para salvar o
Centro) – informações 2489-6715 ou 9975-5279

Acontecerá também uma peça teatral “Aconteceu no Centro Espírita” –
ingressos limitados por R$5,00(toda renda obtida será revertida para
salvar o Centro) – informações 3458-7766

Outra forma de ajuda é através de doações na sede do Centro Espírita
Bezerra de Menezes (com recibo constando CNPJ do Centro) – Rua da
Constituição, 45, sobrado, Centro- informações 2222-2750, ou então,
através de doações para a conta de Selma Garrido (filha de Paulo
Garrido, presidente do Centro Espírita Bezerra de Menezes) – CEF - ag
2387 /operação 013 / conta poupança 025156-1 - Selma Garrido Coelho

Outra maneira é a aquisição de camisetas “Eu Ajudo – Centro Espírita
Bezerra de Menezes” - vendidas no Centro Espírita Bezerra de Meneses,
Templo Estrela do Oriente e Centro de Umbanda Caminhos de Aruanda ,
por R$16,00 - informações 2489-6715 ou 9975-5279

Por favor, participem e divulguem.De mãos dadas, espíritas,
umbandistas e candomblecistas poderão salvar o Centro Espírita Bezerra
de Menezes!

Mais uma vez, obrigado. Somos gratos a todos.

Que Deus e os espíritos de luz guardem, protejam e abençoem nossos caminhos.

Com o carinho dos seus irmãos,

Átila Nunes Filho e Átila Nunes Neto
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...